Weby shortcut
instagram
Youtubeplay
  • Ver todas
  • Festival_Ópera-thumb

    Participe do Festival de Ópera de Goiânia - FOGO

    17 Mai

    Com o objetivo de divulgar e promover a arte lírica em Goiânia, a Prefeitura de Goiânia e a Universidade Federal de Goiás realizam, entre os meses de maio e julho de 2019, o Festival de Ópera de Goiânia – FOGO. Sem deixar de lado as ações formativas, com workshops e masterclasses com artistas convidados, o objetivo principal é oportunizar ao público da cidade o acesso a espetáculos operísticos de qualidade, combinando no palco os talentos de nossa cidade junto a grandes nomes da ópera no cenário nacional. 

    Quatro títulos estarão na programação, sendo duas óperas encenadas e duas em forma de concerto com o que denominamos de “meia cena”. Nos dias 17 e 18 de maio, será encenada no Teatro Basileu França a ópera Cavaleria Rusticana, do italiano Pietro Mascagni, numa produção Itego Basileu França, com a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás e Coro Sinfônico Jovem de Goiás. 

    Dia 29 de maio, no Teatro Belkiss Spenciere Carneiro de Mendonça da EMAC, e dias 31 de maio e 01 de junho, no Teatro Basileu França será encenada a ópera Amahl e os Visitantes da Noite, do compositor americano Gian Carlo Menotti, numa produção da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG em parceria com a Orquestra Jovem Municipal Joaquim Jayme. 

    No dia 16 de junho será levado ao palco do Centro Cultural Oscar Niemeyer, em forma de concerto, a ópera Il Pagliacci, do italiano Ruggero Leoncavalo, com a Orquestra e Coro Sinfônicos de Goiânia, sob a regência do maestro paulista Abel Rocha. 

    Finalizando o festival, o Teatro Sesi receberá, em forma de concerto, a ópera O Barbeiro de Sevilha, do italiano Gioachino Rossini, também com a Orquestra e Coro Sinfônicos de Goiânia, sob a regência do maestro italiano Alessandro Sangiorgi.  

    Além dos talentos vocais locais como Hélenes Lopes, Jadson Álvares, Patrícia Mello, Alexandre Vaz e Hudson Ayres, o Festival de Ópera de Goiânia – FOGO trará nessa edição grandes nomes da arte lírica no Brasil, como as mezzo-sopranos Luciana Bueno e Jayana Paiva, a soprano Poliana Alves e os barítonos Douglas Hahn, Daniel Germano e Gustavo Rocha. 

    Como regentes, além dos experientes maestros de renome nacional, já citados, Abel Rocha e Alessandro Sangiorgi, o Festival contará com a participação dos maestros goianos Angelo Dias e Eliel Ferreira. 

    É uma oportunidade excelente para conferir, gratuitamente ou a preços simbólicos, a qualidade da arte lírica produzida no Brasil, e em especial em Goiânia, cidade que sempre teve tradição de exportar grandes cantores líricos para outros centros. O objetivo é tornar o Festival uma ação anual permanente, realizada através de parcerias, dando subsídios para que os cantores líricos aqui formados possam desenvolver sua arte, mostrando suas qualidades e potenciais ao público da cidade, bem como para buscar ferramentas para o crescimento, em nossa cidade, dessa arte que vem encantando plateias em todo o mundo desde o seu surgimento no século XVI, e que para a qual existem teatros e espaços específicos em todos os cantos mundo afora. 

    O Festival de Ópera de Goiânia – FOGO – é uma realização da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Orquestra Sinfônica de Goiânia (OSGO), em parceria com a Universidade Federal de Goiás, por meio da Escola de Música e Artes Cenicas (EMAC) e Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC). Como co-realizadores temos o Governo de Goiás, por meio do Itego Basileu França, Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás e o Centro Cultural Oscar Niemeyer e o Teatro Sesi. O evento tem também o apoio do Instituto Orquestra Cidadã – IOC. 

     

    Festival_Ópera

     

    Festival de Ópera de Goiânia 2019

    Programação

    17 e 18 de maio

    ÓPERA ENCENADA: CAVALLERIA RUSTICANA – PIETRO MASCAGNI

    Coro Sinfônico Jovem de Goiás e Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás

    Solistas: Poliana Alves (Santuzza), Hélenes Lopes (Turiddu), Patrícia Mello (Lola), Jadson Alvares (Alfio) e Sara Veras (Mama Lucia)

    Regente: Eliel Ferreira

    Produção: Itego em Artes Basileu França / OSJG

    Local e horário: Teatro Basileu França, às 20 horas.

    Endereço: Av. Universitária, 1.750, Setor Universitário. Telefone: 3988-8954.

    Ingressos: 10 reais (preço único promocional)

    29, 31 de maio e 1 de junho

    ÓPERA ENCENADA: AMAHL E OS VISITANTES DA NOITE – GIAN CARLO MENOTTI

    Coro de Câmara da EMAC/UFG e Orquestra Jovem Joaquim Jayme

    Solistas: Joyce Pereira (Amahl), Jayana Paiva (Mother), Natan Milhomen (Mago), Gustavo Weiss (Mago), João Pedro Coelho (Mago) e Ítalo Souza (Pajem)

    Regente: Angelo Dias

    Produção: Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

    Local e horário: Dia 29 de maio – Teatro da EMAC/UFG, às 9h50.

    Dias 31 de maio e 01 de junho – Teatro Basileu França, às 20h.

    Endereço: Av. Universitária, 1.750, Setor Universitário. Telefone: 3988-8954.

    Ingressos: 10 reais (preço único promocional)

    16 de junho

    ÓPERA EM CONCERTO: IL PAGLIACCI – RUGGERO LEONCAVALLO

    Coro e Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Solistas: Hélenes Lopes (Canio), Patricia Mello (Neda), Jadson Alvares (Silvio), Douglas Hahn (Tonio) e Alexandre Vaz (Arlequino)

    Regente: Abel Rocha

    Produção: Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Local e horário: Palácio da Música, Centro Cultural Oscar Niemeyer, às 11 horas

    Endereço: Av. Deputado Jamel Cecílio, Lote 01, Quadra Gleba, Alameda Fazenda Gameleira. Telefone: 3201-4932

    Ingresso: Entrada franca

    2 e 3 de julho

    ÓPERA EM CONCERTO: O BARBEIRO DE SEVILHA – GIOACHINO ROSSINI

    Coro e Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Solistas: Luciana Bueno (Rosina), Douglas Hahn (Fígaro), Daniel Germano (Bartolo), Hudson Ayres (Conde), Gustavo Rocha (Basílio) e Natália Afonso (Bertha)

    Regente: Alessandro Sangiorgi

    Produção: Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Local e horário: Teatro Sesi, às 20 horas

    Endereço: Av. João Leite, n. 1013, Santa Genoveva. Telefone 4002-6213

    Ingresso: 1livro literário ou dois quilos de alimento não perecível

    Ficha técnica

    Realização:

    Prefeitura de Goiânia

    Universidade Federal de Goiás

    Secretaria Municipal de Cultura

    Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Escola de Música e Artes Cênicas da UFG – EMAC/UFG

    Co-realização:

    Governo de Goiás

    Secretaria de Estado da Cultura

    Centro Cultural Oscar Niemeyer

    Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação

    Itego em Artes Basileu França

    Pró Reitoria de Extensão e Cultura

    Teatro Sesi

    Apoio: Instituto Orquestra Cidadã

    Iris Rezende – Prefeito Municipal de Goiânia

    Kleber Adorno – Secretário Municipal de Cultura

    Edward Madureira Brasil – Reitor da UFG

    Eduardo Meirinhos – Diretor da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

    Comitê Organizador:

    Eliseu Ferreira da Silva

    Ângelo Dias

    Marília Álvares

    Ketty Leite de Morais

    Carlos Costa

    Flavia Maria Cruvinel

     

    Leia mais...

  • 0051-LayzaVasconcelos-1822

    Espetáculo “Não posso esqu cer” recebe público de escolas municipais

    24 Jun

     

    Nos dias 24 e 25 de junho, às 20h, no teatro LACENA/EMAC, a Escola de Música e Artes Cênicas vai receber estudantes da Educação para Adolescentes, Jovens e Adultos (EAJA) das Escolas Municipais João Braz, Cleonice Monteiro, Brice Francisco e Donata Monteiro. Trata-se do projeto “Não posso esqu cer – temporada 2019”, contemplado com a Lei Municipal de incentivo a Cultura do Município de Goiânia, edital 03/2018, recebido pela Profª Drª Maria Ângela De Ambrosis Pinheiro Machado da EMAC/UFG.

    O projeto contemplou as escolas acima citadas com uma Oficina de Formação de Plateia ministrada pela formanda em Teatro Licenciatura, Eliadine de Oliveira e supervisionada pelo ex professor da EMAC, Roberto Tadashi Kono. As apresentações do espetáculo “Não posso esqu cer” finalizam a execução das oficinas, trazendo os estudantes para assistirem ao espetáculo. Pelo terceiro ano, o espetáculo “Não posso esqu cer” recebe apoio das leis de fomento para sua execução.

    O espetáculo  tem mostrado seu mérito desde sua concepção em 2016 e temporada em 2016 (10 apresentações), com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura até a temporada ocorrida em 2018, com apoio do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, onde foram realizadas 20 apresentações. De modo geral, o espetáculo tem sido muito bem recebido pelo público. Trata-se de um espetáculo de teatro contemporâneo, buscando a fisicalidade da expressão artística cênica.

    A temporada de apresentações da peça 'Não Posso Esqu cer' - com grafia propositalmente incorreta - é um projeto que envolve a linguagem teatral da dança, constituindo-se assim de uma ação performática, cujo processo e o resultado têm por base a investigação sob a perspectiva do teatro contemporâneo e da performance. Esse projeto pretende dar continuidade às apresentações gratuitas do espetáculo “Não posso esqu cer”, com encenação de Valéria Braga e atuação de Maria Ângela De Ambrosis. Os espetáculos serão abertos ao público em geral.

     

    0051-LayzaVasconcelos-1822

     

    Ficha técnica

    Encenação: Valéria Braga

    Atuação: Maria Ângela De Ambrosis

    Dramaturgia e Iluminação: Kleber Damaso

    Direção de Arte: Cacá Fonseca

    Direção Musical: Marcos Galvão

    Preparação corporal: Erica Bearlz

    Serviço:

    Apresentações do espetáculo Não posso esqu cer

    Dias 24 e 25 de junho de 2019

    Local: Teatro LACENA – EMAC,  Câmpus Samabaia

    Horário: 20:00 horas

    Entrada franca

     

    Leia mais...

  • Brasil_in_Trio - Thumb

    Música Brasileira para Banda

    25 Jun
     
    A Banda Sinfônica de Goiás e Banda Juvenil de Goiânia se apresentarão no próximo dia 25/06, às 20h, no Teatro Sesi, com a participação especial do grupo Brasil In Trio.
     

    O grupo Brasil In Trio, formado em 2007, é composto pelos músicos Everton Luiz (sopros), Diego Amaral (percussão) e Julio Lemos (violão de 7 cordas). O trio apresenta um trabalho de música popular brasileira com propostas musicais inovadoras e modernas sem romper com os aspectos advindos da tradição.

     
    Os três músicos atuam também como professores de música. O violonista Julio Lemos é professor do EMAC (Escola de Música e Artes Cênicas) da Universidade Federal de Goiás. O percussionista Diego Amaral é professor de percussão e músico efetivo da FEF-UFG (Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás), o multi-instrumentista Everton Luiz é maestro da Banda Sinfônica do Estado de Goiás.
     
    Agenda
     
    Dia: 25/06/2019
    Local: Teatro Sesi, Setor Santa Genoveva.
    Horário: 20h
    Ingressos: doação de 2kg de alimentos ou 01 livro literário

     

    Grupo Brasilintrio- 26-06-2019

    Leia mais...

  • Ver todos
  • Histórico